Gruta da Lapinha

Maravilha da Natureza. Uma das 7 Maravilhas da Estrada Real. Uma joia preciosa, pertinho de BH e do Aeroporto Internacional de Confins, a caminho do Parque Nacional da Serra do Cipó. Localizada no município de Lagoa Santa, 48 km de BH, 13 km da cidade. A Gruta possui 511 metros de extensão abertos a visitação e 65 metros de profundidade, sendo constituída de rocha calcária, um maciço formado há cerca de 900 milhões de anos, que foi escavada por um rio a milhões de anos atrás, onde antes, aliás em toda a Minas Gerais existia um Mar, o chamado Mar de Bambuí. Estudada cientificamente pelo dinamarquês Peter Wilhelm Lund entre 1835 e 1836. Possui riquíssimos Espeleotemas, isto é, formações nas Grutas e Cavernas, como: estalactites, estalagmites, electítes, travertinos, cortinas, etc, formações que deixam os visitantes deslumbrados quando percorrem os 12 salões abertos a visitação, tais como: Sala da Catarata, Salão da Catedral, Salão da Couve-flor, Sala do Dr. Lund, etc. Cada sala guarda a suas preciosidades. Local muito visitado por Escolas, inserido na Rota das Grutas Peter Lund. A visita é feita com uso de capacete e conduzida por Condutores do Atrativo. Inclui no ingresso a visita ao Museu Peter Lund, que fica anexo a Gruta, este sendo visitado primeiro e logo em seguida a Gruta. Ao lado da Gruta outra visita imperdível é o Museu do Castelinho, iniciativa de um Húngaro chamado Mihaly Bámyai, que na década de 60 e 70, do século passado, pesquisou mais de 250 grutas ao redor de Lagoa Santa, juntando rico acervo que se encontra no Museu, hoje administrado por sua filha, Erica Suzana Mihaly, que é a guardiã deste rico acervo que conta um pouco da nossa história, sobre os nossos antepassados, principalmente dos povos que habitaram ou passaram por onde hoje está Lagoa Santa, não deixe de visitar.

Em um único dia você também pode visitar além da Gruta e dos dois Museus, o Parque Estadual do Sumidouro, tudo é pertinho, os dois Museus e a Gruta ficam um do lado do outro, só o Parque que fica a uns 20 minutos de carro, é logo ali de mineiro, aproximadamente 6 km. O Parque é uma unidade de conservação situada ao norte da região metropolitana de Belo Horizonte, distando 50 Km da capital mineira. Abriga uma paisagem peculiar por suas características cársticas, em uma área aproximada de 2.004 hectares. A Casa Fernão Dias, que fica na Quinta do Sumidouro, que representa a nossa colonização bandeirista, que deste local se inicia a Trilha do Sumidouro, percurso de 2,3 km, onde se possível ver Arte Rupestre, pinturas antigas, estalactite externa, mirante para a Lagoa do Sumidouro. Muito bonito, local para belas fotos.

ORIENTAÇÕES PARA VISITAÇÃO

  • A visitação ocorre de segunda-feira a domingo, de 08:30 às 16h, com permanência até às 17h;
  • Visitas de grupos deverão ser prioritariamente agendadas com antecedência;
  • É obrigatório o acompanhamento de condutores para visitar a gruta e trilhas do Parque;
  • É recomendado o uso de repelente, protetor solar, boné/chapéu, tênis/bota, óculos de sol, roupas leves, capa de chuva (nas épocas de primavera e verão) e garrafa com água para hidratação;
  • Não é recomendado fazer as trilhas e entrar na gruta usando calçados com salto alto, chinelo, sandália ou qualquer outro tipo de calçado aberto;
  • Para visitar a gruta e as trilhas, são permitidos grupos de no máximo 20 pessoas com intervalos de 20 a 30 minutos entre eles, sendo que a última entrada para o Museu e para a gruta ocorre às 15:45h. A última saída para as trilhas é às 15h. O tempo de permanência dentro do Parque é até às 17h;
  • Por questões de segurança, não é recomendável a entrada de crianças menores de 5 anos na gruta;

É EXPRESSAMENTE proibido:
– práticas que degradem de alguma forma as dependências do Parque, como depredar as instalações, edificações, equipamentos e bens materiais;
– intervir e depredar sítios arqueológicos, formações geológicas e geomorfológicas;
– gravar, pintar ou escrever nas árvores, rochas ou grutas, causando danos às mesmas;
– a entrada com animais domésticos;
– a introdução de animais domésticos, exóticos e/ou quaisquer espécies vegetais no Parque;
– coleta de material de qualquer natureza, bem como flores, frutos, sementes, raízes, animais, rochas etc.;
– nadar, pescar e caçar;
– o ingresso no Parque de pessoas portando armas, materiais ou instrumentos destinados a caça, pesca ou quaisquer outras atividades prejudiciais à fauna e à flora locais;
– perturbar e/ou alimentar animais silvestres;
– usar tóxicos ou substâncias entorpecentes;
– fazer fogueiras dentro do Parque;
– abrir trilhas paralelas às oficiais e caminhar fora das estabelecidas, bem como frequentar locais não previstos na Zona de Uso Público;
– transitar com veículos fora das estradas internas e sem autorização da Administração;
– desrespeitar a sinalização e o Regulamento do Parque.

Em relação à gruta da Lapinha, é VETADO:
– entrar descalço, usando chinelo, sandália ou qualquer outro tipo de calçado aberto;
– entrar sem capacete;
– entrar sem o condutor cadastrado;
– ingressar com alimentos;
– entrar com grupos compostos por mais de 20 pessoas.

OBSERVAÇÃO:
O uso de filmagens, gravações e fotografias, de caráter científico, educacional, comercial ou artístico, está sujeito a prévia autorização de acordo com a Portaria IEF nº 81/2012. Consulte-a na aba “Legislação” desse blog.

  • A gratuidade é garantida para menores de 5 anos e para os moradores das comunidades do entorno da UC (Sangradouro, Lapinha, Quinta do Sumidouro e Fidalgo), mediante a apresentação na recepção do Museu Peter Lund ou da Casa Fernão Dias de comprovante de endereço atualizado com nome do morador, como conta de água, luz ou telefone, acompanhado do documento de identidade que ateste titularidade ou grau de parentesco direto com o residente;
  • A escalada acontece de segunda-feira a domingo, com limite de 40 escaladores por dia. O horário de entrada é de 08:30 às 13h, com horário limite para deixar as vias até às 16h e saída do Parque até às 17h. Os escaladores devem ter experiência e equipamento próprio;
  • A meia-entrada é conferida para pessoas: de 6 a 12 anos (mediante apresentação de documento de identidade e ou certidão de nascimento); acima de 60 anos (mediante apresentação de documento de identidade); escaladores filiados a clubes, associações e federações que compõem a Confederação Brasileira de Montanhismo e Escalada – CBME, mediante a apresentação de carteirinha de filiação dentro da validade juntamente com um documento (identidade/CNH) original com foto; e estudantes, mediante a apresentação de carteirinha de estudante dentro da validade e documento de identidade/CNH original com foto.

De acordo com o Decreto nº 8.537 de 5 de outubro de 2015 que regulamenta a nova lei da meia-entrada (Lei n° 12.933/2013) e o Estatuto da Juventude (Lei n° 12.852/2013), a partir de 01 de dezembro de 2015, a identificação do estudante precisará seguir um padrão nacional definido pelas entidades nacionais UNE, UBES e ANPG, regido por estritas medidas de segurança e fiscalização.

Saiba mais sobre a meia entrada: http://www.une.org.br/…/a-meia-entrada-voltou-a-ser-meia-d…/

Mais informações sobre o Documento Nacional do Estudantes: http://documentodoestudante.com.br/

OBSERVAÇÃO: Nos feriados e fins de semana com grande fluxo de visitantes, pode acontecer dos últimos grupos de ingresso à gruta já estarem com todas as vagas preenchidas. Portanto, pedimos a compreensão desde já caso não consigamos atendê-los.

Valor do ingresso:

R$25,00

Com direito à visitação a todos os atrativos: Gruta da Lapinha, Museu Peter Lund, Circuito Lapinha, Trilha Sumidouro, Trilha da Travessia e Escalada.

O pagamento deve ser feito apenas em dinheiro. Não recebemos cartões de crédito, débito e cheques.

Endereço: Estrada Campinho Lapinha, km 6 – Lagoa Santa
Complemento: Lapinha
Telefone: 31 3689-8592
31 3689-8585
31 3689-8575

Site: http://pesumidouro.blogspot.com.br/


Contatos:

Receptivo Museu Peter Lund / Gruta da Lapinha:
(31) 3689 8592 / (31) 3689 8585 / (31) 3689 8575
Rodovia AMG 0115, estrada Campinho-Lapinha, Km 6
Lagoa Santa / MG – CEP: 33.400-000

Receptivo Casa Fernão Dias:
(31) 3661 8122
Rua Fernão Dias, nº 10, Quinta do Sumidouro
Pedro Leopoldo / MG – CEP: 33.600-000

pesumidouro@meioambiente.mg.gov.br
agendamentopesumidouro@gmail.com
www.facebook.com/parquesumidouro

Gostaríamos de ler seu comentário, é muito importante saber a sua opinião.